Mentorings com CEOs e Labs de soft skills – o que vem para 2018 no IBEF Jovem

dezembro 14, 2017 12:17 pm Publicado por

José Vinicius de Oliveira Alves, gestor de eficiência e controle de gastos na Cielo S.A. e líder do IBEF Jovem

O núcleo do IBEF SP voltado para profissionais com até 35 anos de idade acumulou realizações expressivas neste ano. Triplicou o número de associados ativos em sua base. E mais: quadruplicou o número de encontros e eventos realizados, destaca José Vinicius de Oliveira Alves, gestor de eficiência e controle de gastos na Cielo S.A. e líder do IBEF Jovem.

“Percebemos que os jovens executivos saem empoderados desses encontros para fazer a diferença em suas posições. É uma importante contribuição que o IBEF Jovem tem dado para a formação de executivos com valores e princípios que impactem a sociedade de maneira positiva”, ressalta José Vinicius.

Esses resultados significativos refletem o alto nível de engajamento do time de profissionais responsáveis pelas pastas de trabalho: Felipe Brunieri (Carreira e Empregabilidade); Mariña Malvar (Eventos); Raisa Soares (Comunicação); Danilo Senen (Relações Institucionais); Carolina Jafet (Projetos Sociais). Para o próximo ano, o núcleo também contará com um líder para a pasta de Finanças e Analytics.

Mentorings – Ao longo de 2017, o IBEF Jovem realizou 20 encontros de mentoria, nos quais executivos renomados compartilham ensinamentos e experiências de carreira com jovens profissionais. O sucesso da iniciativa é tão grande que há sempre lista de espera para uma das 20 vagas disponíveis por sessão.

A seleção dos mentores, explica José Vinicius, busca valorizar os associados do Instituto e apresentar diferentes perfis de liderança. Participaram CFOs atuantes nos mais diversos setores, como varejo e atacado, comércio eletrônico, mídia, serviços, indústria automotiva, indústria de papel e celulose e muitos outros. Além dos líderes de finanças, em 2017 também foi convidada uma CEO, Claudia Sender, da Latam, e Claudio Galeazzi, ícone das reestruturações empresariais no Brasil.

“O foco do mentoring é obter insights relacionados às soft skills do executivo, e não somente ouvir “coisas boas” sobre a carreira. Prezamos também conhecer as “dores” e aprendizados resultantes de tropeços e das dificuldades encontradas no caminho do CFO”, explica José Vinicius.

Adicionalmente, o mentoring do IBEF Jovem também tem sido uma porta de entrada para aproximar novos CFOs do Instituto e uma referência para outras seccionais do IBEF, a exemplo do IBEF Espírito Santo e do IBEF Campinas, cujos representantes já vieram conhecer o programa com o intuito de aplicá-lo em suas localidades.

Eventos – O IBEF Jovem realizou cinco eventos neste ano: o Seminário “Jovens CFOs”, que compartilhou a trajetória de líderes de finanças com até 35 anos; o Seminário “Soft Skills vs. Technical Skills: O que deve ser priorizado”, que contou com a participação de CFOs experientes; e três workshops sobre networking, comunicação, e carreira em finanças. Além disso, o núcleo também promoveu happy hours entre os associados.

O núcleo também deu relevante contribuição para a realização do Prêmio Revelação em Finanças. Participou da coordenação da banca examinadora e promoveu um plantão de dúvidas para os associados com a presença dos três últimos vencedores da premiação.

Na área de Ações Sociais, o IBEF Jovem liderou a iniciativa de uma campanha de doação sangue, que foi estendida a todo o corpo associativo do IBEF SP.

Benefícios para os associados – Os membros do IBEF Jovem contam com a divulgação de vagas de emprego regularmente no grupo do WhatsApp. Também podem obter descontos exclusivos para inscrições em cursos de pós-graduação, MBA, escolas de inglês, agências de intercâmbio, coaching de comunicação, e na compra de livros da editora Saint Paul, através das parcerias realizadas com diferentes empresas.

Projetos para 2018

Grande novidade do núcleo para o próximo ano será a ampliação do programa de mentoring, que passará a contar com maior participação de CEOs, além dos CFOs convidados.

Para fevereiro, já estão confirmadas mentorias com Guilherme Cavalcanti, CFO da Fibria (21/02) e João Paulo Faria, CFO da Microsoft (27/02). Para os meses seguintes, estão programados encontros com Viviane Valente, CFO da Tigre, José Filippo, CFO da Embraer, Leonardo Martins, CFO da Pirelli, e Joana Lopes, CFO da Johnson & Johnson.

Em 2018, será inaugurada a iniciativa “IBEF Jovem Lab”, que consiste em encontros trimestrais com especialistas em soft skills essenciais para a carreira, como: comunicação, liderança, marca pessoal, resiliência, entre outras. O primeiro Lab acontecerá no dia 30 de janeiro, e terá como convidada Irene Azevedo, diretora da Lee Hecht Harrison, que abordará o tema “Desenvolvimento de Carreira e Marca Pessoal”.

O núcleo também planeja a criação de um Conselho Consultivo para CFOs com menos de 35 anos, e a coordenação do livro “100 dúvidas de carreira em finanças” em parceria com a Saint Paul Escola de Negócios, além de estender as parcerias com empresas para oferecer mais benefícios aos associados.

“Queremos consolidar ainda mais a marca IBEF Jovem e contribuir para a ampliação da base de associados do Instituto!”, assinala José Vinicius.

Ainda não é associado ao IBEF SP? Clique aqui e conheça os planos disponíveis!