Comissões Técnicas trabalham juntas para construir “Jornada do CFO”

O IBEF SP remodelará sua proposta de valor para associados e mercado no biênio 2021-2023. Dentro desse plano, o principal pilar de conteúdo do Instituto – as Comissões Técnicas – terão novidades em sua atuação.

A mensagem foi destacada por Meily Franco, na reunião da Comissão de Tributos, realizada no dia 17 de março. Meily deixa a coordenação da Comissão para assumir a Vice-Presidência das Comissões Técnicas da Diretoria Executiva neste mandato.

A liderança da Comissão de Tributos ficará com Gersoni Munhoz, executiva com quase 30 anos de atuação no mercado financeiro. Dentre os marcos de sua carreira, ela estruturou as áreas de Tax do J.P. Morgan e do Goldman Sachs no Brasil e, atualmente, é head de corporate tax para a América Latina do Goldman.

Jornada do CFO – Meily Franco informou que a gestão do IBEF SP pretende enfocar seis dimensões temáticas nesta nova proposta de valor. O objetivo é construir a “Jornada do CFO”, com atuação coordenada entre as Comissões Técnicas.

Essas dimensões devem abordar temas como: Aspectos ESG (Meio Ambiente, Social e Governança Corporativa);

Reformas de Impacto Nacional; Riscos Empresariais; Profissional de Finanças do Futuro; Transformação Digital em Finanças e Liderança.

Todas as Comissões Técnicas tratarão desses temas, dentro de suas competências específicas, ao longo de 2021. “Queremos entregar uma jornada completa aos executivos de finanças, abordando os principais aspectos que tocam a função do CFO”, ressaltou Meily.

Atuação em parceria – Para isso, as Comissões deverão também realizar mais eventos conjuntos. E assim, gerar conteúdo com maior riqueza de pontos de vista e abrangência de temas, ampliando os públicos de interesse. No calendário para o ano estão previstos seis eventos com esse perfil.

Meily acrescentou que cada colegiado continuará com sua agenda própria de reuniões técnicas, realizadas regularmente, para tratar do plano de trabalho e assuntos mais especializados dentro de cada área.

Brainstorm de ideias – Durante a reunião da Comissão Técnica de Tributos, os membros ofereceram diversas sugestões de iniciativas e temas para discussão dentro das dimensões propostas.

Algumas das sugestões abrangem: elaboração de nota técnica do IBEF SP sobre principais pontos da Reforma Tributária; Oportunidades Tributárias e Riscos Empresariais; Impactos e Benefícios Fiscais para Ações Sociais; Administração de dívidas tributárias em cenário de COVID-19, entre outros.

“É importante entendermos o operacional e outros aspectos do negócio para trazermos o enfoque tributário na discussão. Estou aberta à troca de ideias e muito feliz por essa oportunidade de liderança junto à Comissão de Tributos do IBEF SP”, ressaltou Gersoni, que também é Diretora Técnica da Associação Brasileira de Bancos Internacionais.

Compartilhe:

Deixe um comentário