IBEF SP dá boas-vindas aos novos associados e apresenta resultados de 2016

Principais realizações de cada área de gestão foram relatadas ao quadro associativo

O IBEF SP realizou ontem (09) evento que reuniu o coquetel de novos associados e o report dos resultados de 2016. O formato, iniciado no ano passado, une os propósitos de apresentar o Instituto aos novos membros e, ao mesmo tempo, prestar contas a todo o quadro associativo sobre os resultados do trabalho realizado pelo Corpo Diretivo no último ano.

José Cláudio Securato, presidente do IBEF SP

Na abertura do evento, Rubens Batista Jr., secretário geral do IBEF SP, destacou a importância das empresas mantenedoras que apoiam o Instituto: IBM, KPMG, Michael Page, Omint, PwC, Saint Paul Escola de Negócios, Swiss Re Corporate Solutions. Rubens lembrou que o IBEF SP também criou uma outra categoria para empresas que desejam apoiar a entidade: “membro corporativo”, na qual hoje está a Talenses.

Em seguida, José Cláudio Securato, presidente da Diretoria Executiva do IBEF SP, realizou uma breve apresentação sobre os propósitos do Instituto e as realizações do ano, representando os 16 membros do Corpo Diretivo, executivos que realizam este trabalho pro bono. “Nossas ações são guiadas pelos propósitos fundamentais do IBEF SP: servir aos associados e à comunidade de finanças. Conseguimos cumprir fielmente esses objetivos em 2016”.

Acesse aqui a apresentação com as principais realizações de 2016!

Securato destacou que, mesmo em um ano extremamente difícil, o Instituto obteve 222 novos associados e realizou 37 eventos. Um dos grandes destaques foi a criação de um novo prêmio com foco corporativo. Em seu ano de estreia, o Prêmio Golden Tombstone – que visa laurear a melhor operação financeira do ano – obteve a marca de 48 operações inscritas. O Instituto também preservou sua saúde financeira, fechando o ano superavitário, com R$ 1 milhão de posição de caixa.

Rubens Batista Jr., secretário geral do IBEF SP

Com relação a 2017, Securato informou que o IBEF SP será o anfitrião de dois grandes eventos no ano: o Congresso Nacional de Executivos de Finanças (Conef) e o Congresso Mundial da IAFEI, associação que congrega os institutos de executivos de finanças ao redor do mundo. Além disso, o Instituto iniciará o desenvolvimento de uma certificação para executivos de finanças.

A gestão do IBEF SP também se renovará em 2017. O processo se inicia com a eleição de um novo Conselho de Administração, na assembleia dos associados, marcada para o próximo dia 15. O Conselho eleito indicará o presidente da nova composição da Diretoria Executiva. Em 6 de março, o Corpo Diretivo para o biênio 2017/2019 toma posse.

Agradecimentos – O presidente do IBEF SP finalizou sua apresentação agradecendo pelo comprometimento de todas as pessoas que fazem o Instituto acontecer no dia a dia, doando seu ativo mais precioso que é o tempo: membros do staff, Diretoria Executiva, Conselho de Administração, Conselho Fiscal, Conselho Consultivo e Diretoria Vogal. Mas o principal agradecimento foi destinado aos associados: “Vocês são a nossa razão de existir. Tudo que fazemos é para vocês”, concluiu Securato.

 

A VOZ DOS ASSOCIADOS

“Conheci o IBEF SP por meio do contato com colegas que eram associados. Já fui a alguns eventos e acho que são muito bons para fazer networking e conhecer mais sobre os assuntos que o Instituto se propõe a discutir. É bom manter esse tipo de conexão”, por Marcio De Marco, diretor financeiro para a América Latina da Poyry. Associou-se em agosto de 2016.

“Tenho amigos que já são associados ao IBEF SP e me informaram sobre o Instituto. A oportunidade de ter conversas técnicas, participar de eventos, dividir experiências com pares de finanças e fortalecer o networking motivou a minha filiação”, por Diego Camacho, diretor financeiro da Tishman Speyer. Associou-se em dezembro de 2016.

“Somos fornecedores da Cielo e através de conversas com executivos da companhia tivemos conhecimento sobre o IBEF SP. Entendemos que nos tornarmos empresa mantenedora do Instituto é uma iniciativa que vale a pena e poderá trazer resultados para as duas pontas, agregando conhecimento e oportunidades de negócios. O Instituto possui conteúdo bacana, reúne as visões de diferentes empresas sobre o mundo financeiro e oferece networking de qualidade indiscutível”, por Eduardo Silva, diretor financeiro da Globbal, empresa com foco em soluções de construção corporativa. Associou-se nesta semana.

“Há algum tempo comecei a me interessar em fazer parte do IBEF SP, pois tenho alguns colegas de profissão que são membros. Decidi me associar para auxiliar nos trabalhos e nas discussões e também para conhecer novidades e me atualizar”, por Claudio Machiaverni, diretor financeiro. Associou-se neste mês.

“Conheci o IBEF SP através do Leonardo Rocha (CFO da Nextel e conselheiro do IBEF SP). Ele me apresentou ao Instituto e me contou sobre as reuniões em que ele participava. Isso me atraiu e motivou a minha associação: ter a oportunidade de desenvolver networking com outros executivos de finanças, e também aproveitar toda a gama de palestras e workshops que são enriquecedores profissionalmente”, por Felipe Osmo, tesoureiro da Nextel. Associou-se em dezembro de 2016.

“Conheci o IBEF SP através da IBM, empresa na qual trabalho e que é uma das mantenedoras do Instituto. Por meio das conversas com vários profissionais da companhia, principalmente com o Serafim de Abreu (CFO da IBM Brasil e Diretor Vogal do IBEF SP), surgiu a ideia de me tornar parte desta iniciativa. Meus objetivos são tentar incorporar novos conhecimentos e skills, além de compartilhar com outras pessoas os aprendizados da minha experiência”, por Victor Damian La Fuente, CFO da IBM para a América Latina na área de Cloud Application Innovation.  Associou-se nesta semana.

“O que me encanta no IBEF SP é a audiência que está presente nos eventos, a oportunidade de aprendizado que temos com profissionais experientes de diferentes indústrias. A chance de ter esse benchmark e fazer parte dessa comunidade de CFOs é algo que me atrai, pois tenho bastante a aprender e a colaborar; esse contato também pode gerar oportunidades de negócios”, por João Paulo de Faria, diretor financeiro da Microsoft Brasil. Associado do IBEF SP há dois anos.

(Reportagem: Débora Soares/ Fotos: Mario Palhares)

Compartilhe: