Kroton recebe Prêmio Golden Tombstone como melhor operação financeira de 2016

Premiação inédita reconheceu as melhores operações do mercado brasileiro nas categorias de Equity, Debt e M&A.

O CFO da Kroton, Frederico Brito e Abreu, segura o troféu do Prêmio Golden Tombstone, na companhia da equipe responsável pela operação vencedora. O troféu é obra do artista Osni Branco.

A Kroton Educacional ganhou, nesta quarta-feira (7), o Prêmio Golden Tombstone de “Melhor Operação Financeira do Ano”. Uma cerimônia no Hotel Unique reuniu os finalistas do Prêmio, criado pelo IBEF SP com o objetivo de incentivar o mercado, reconhecendo operações de captação de recursos que se destacaram por sua relevância e inovação.

Frederico Brito e Abreu, CFO da Kroton

“Trabalho com M&A há mais de dez anos e essa foi a operação mais complexa que executei na minha vida”, contou Frederico Brito e Abreu, CFO da Kroton. O executivo ressaltou a dimensão da operação vencedora, que totalizou mais de R$ 6 bilhões de equity value.

O trabalho possibilitou à Kroton incorporar as ações da Estácio em processo friendly, mitigando escaladas de preços e proporcionando liquidez aos acionistas, sem desembolso da empresa.

Após receber o Prêmio, Abreu destacou que, nos últimos nove anos, a Kroton realizou nove operações de M&A que totalizaram R$ 16,5 bilhões. “Essas operações praticamente definem o que somos”, ressaltou.

 

Equipe e assessores da operação da Kroton

Reconhecida como a melhor operação financeira do ano, a Kroton foi a vencedora na categoria M&A (fusões e aquisições). Foram também premiadas a empresa Suzano Papel e Celulose com melhor operação na categoria Debt (renda fixa), pela emissão de green bonds no mercado internacional, e a CVC Brasil, vencedora da categoria Equity (ações), pela oferta secundária para saída do investidor (Carlyle).

“Fizemos um esforço muito grande porque acreditamos estar diante de uma tendência de mercado em que cada vez mais investidores vão exigir padrões de sustentabilidade das companhias”, afirmou Marcelo Bacci, CFO da Suzano. A empresa foi reconhecida pela operação de emissão de títulos verdes, que foi a primeira em dólares da América Latina.

Marcelo Bacci, CFO da Suzano
Representantes da operação da Suzano

 

 

 

 

 

 

O diretor financeiro da CVC Brasil, Fernando Oliveira, agradeceu a todo o time envolvido na operação, considerada a maior oferta de follow-on 100% secundária no Brasil desde 2010. “Foi uma operação muito desafiadora, em um ano extremamente difícil para o mercado. Esse prêmio vem celebrar a transição da CVC de uma empresa familiar para uma true corporation“, ponderou Oliveira.

Representantes da operação da CVC Brasil
Fernando Oliveira, diretor financeiro da CVC Brasil

 

 

 

 

 

 

José Cláudio Securato, presidente do IBEF SP

Reconhecimento e valorização – “É um Prêmio muito importante, que ajuda a fomentar o mercado financeiro nesse momento difícil para a economia do Brasil”, ressaltou José Cláudio Securato, presidente do IBEF SP. Segundo o executivo, a premiação é uma iniciativa inédita do Instituto, que valoriza a criatividade e dissemina as boas práticas.

Para saber mais sobre o Prêmio Golden Tomsbstone, acesse o site oficial.

O sucesso da primeira edição foi celebrado pelo idealizador do Prêmio, Carlos Alberto Bifulco. Ao todo, foram 48 operações inscritas espontaneamente pelo mercado, que somaram R$ 140 bilhões.

Carlos Alberto Bifulco, idealizador do Prêmio e presidente da Comissão Julgadora

“Isso demonstra o quanto as instituições financeiras, empresas e auditores confiam no IBEF SP, submetendo suas operações à nossa análise de forma espontânea”, destacou.

Durante a cerimônia de entrega do Prêmio, Bifulco fez um agradecimento especial a todos os membros da Comissão julgadora, pela dedicação na avaliação das operações e o apoio de toda a equipe do Instituto.

A campeã do Prêmio Golden Tombstone, Kroton Educacional, foi agraciada com uma escultura do artista plástico Osni Branco. Já as empresas vencedoras de cada categoria foram premiadas com Placas Comemorativas de Mérito.

 

(Reportagem: Débora Soares e Liana Sampaio / Fotos: Mario Palhares )

Compartilhe: