Advocacy

As mudanças organizacionais, ocorridas nas últimas décadas, lançaram luz sobre a importância da eficiência – tanto na gestão pública, quanto na privada – como vetor de desenvolvimento que afeta diretamente a sociedade, contribuindo para a melhoria dos produtos e serviços a ela oferecidos.

O princípio da eficiência exige que a atividade econômica seja exercida com presteza e perfeição, para obtenção de resultados positivos e atendimento das necessidades da comunidade e de seus membros. Tal princípio resulta numa gestão mais transparente e profissional, com ações que visam o atendimento das demandas, anseios e necessidades da sociedade. Determinar os objetivos e, em seguida, escolher os meios certos de alcançar esses objetivos; melhorar a resolução de problemas, tornando mais eficiente e eficaz o gerenciamento e a execução de políticas pré-definidas; trazer mais transparência e clareza aos processos de gestão; fiscalizar melhor as atividades desenvolvidas, os recursos empregados e os serviços direcionados ao público. Essas são atribuições típicas do(a) Executivo(a) de Finanças!

Por essa razão é que o Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças – IBEF-SP advoga a causa da “Eficiência Empresarial”.

Compreendendo que Advocacy é o ato de identificar, adotar e divulgar uma causa, num esforço permanente para moldar a percepção pública e promover mudanças sócio-econômicas, o IBEF SP sustenta seu Advocacy em três pilares:

  • Economia (com foco em temas ligados a finanças);
  • Ética (com foco em compliance); e
  • Reformas (com foco naquelas que tem impacto empresarial).

O termo “eficiência empresarial” traduz a relação entre resultado obtido versus recursos empregados ou, ainda, a relação entre entrega e esforço. Ninguém está mais equipado do que o(a) Executivo(a) de Finanças, para abordar essas relações com propriedade e conhecimento de causa. Junte-se a nós nesta jornada!

Posicionamento do IBEF-SP referente a reforma tributária.

Em 11 de agosto de 2021

Posicionamento contrário à reforma que aumenta a carga tributária e gera maior complexidade para as empresas brasileiras.

O Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças de São Paulo (IBEF-SP) vem a público manifestar seu repúdio ao conteúdo do projeto de reforma tributária elaborado pelo governo, atualmente em tramitação no Congresso Nacional.
Como parte do seu papel, o IBEF-SP defende uma reforma que possibilite mais eficiência e competitividade para as empresas brasileiras, e não, como resultaria o atual projeto, o aumento da carga tributária e da complexidade para quem empreende no País.

Luciana Medeiros
Presidente da Diretoria Executiva

Meily Franco
Vice-Presidente de Comissões Técnicas

IBEF-SP – Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças de São Paulo