Comissão de Controladoria e Contabilidade comemora avanço dos trabalhos em 2016

A Comissão de Controladoria e Contabilidade encerra o ano com um balanço positivo. Com um time de cerca de 25 pessoas, a comissão técnica realizou neste ano três cafés da manhã, um seminário e reuniões bimestrais com os membros.

“Ao longo do ano, falamos muito mais sobre soft skills, marca pessoal, comunicação, business partnering e liderança do que propriamente de temas técnicos em finanças. Acho que vamos mudar o tema da Comissão”, afirma com bom humor a líder Tamara Dzule.

Tamara Dzule, líder da Comissão de Controladoria e Contabilidade

O fato é que quanto mais alto o cargo de gestão, maior a importância das soft skills para a evolução do executivo, uma vez que a base técnica já foi dominada, ressalta Tamara. A escolha dos temas se mostrou muito acertada, atraindo 190 pessoas, no total, para os eventos realizados pela Comissão ao longo do ano.

O êxito se repetiu no seminário “O que de fato importa e como evitar a ‘equação do erro’ nas decisões”, que reuniu em um mesmo painel os CFOs Serafim de Abreu (IBM), Fabio Marchiori (Mondelez), Paulo Mendes (SAP Brasil), Luis Carlos Cerresi (Walmart.com) e o líder de finanças no Brasil da Amazon, Marcelo Giugliano. Realizado no dia 17 de novembro, o seminário encerrou a agenda de eventos da Comissão em 2016.

Novo formato das reuniões– Outro acerto, introduzido a partir do segundo semestre, foi a mudança na dinâmica das reuniões bimestrais com os membros da Comissão. Os encontros passaram a contar com a participação de executivos convidados a realizar apresentações e compartilhar experiências.

Seminário de Controladoria e Contabilidade

O primeiro encontro no novo formato, realizado em agosto, foi com Rubens Batista Jr, Secretário Geral do IBEF-SP, e ex-CFO, VP para América do Sul e CEO do Makro Atacadista. Batista, que é sócio da 2B Partners Consulting, tratou das características de uma área financeira bem estruturada que maximiza ROI.

Neste mês, a Comissão recebeu Eduardo Mendes Machado, especialista em engenharia financeira e ex-diretor de empresas como Rhodia, Alcoa, Carrefour e Colgate, e o economista Marcos Próspero, ex-VP de RH do Walmart Brasil e atual CEO da consultoria Genter. Os convidados apresentaram uma nova metodologia para a Cadeia de Valor com foco na alocação ótima do capital econômico.

“O que buscamos sempre em nossas reuniões e eventos é trazer exemplos práticos que digam respeito ao dia a dia do executivo, para não ficar apenas no aspecto conceitual dos temas. Sabemos que isso é o que faz a diferença e agrega valor para quem participa”, ressalta Tamara.

Perspectivas para o próximo ano – Com relação a 2017, a líder da Comissão de Controladoria e Contabilidade afirma que há espaço no grupo para receber novos membros, genuinamente interessados em se envolver nas discussões.

“O IBEF SP tem que ser uma voz ativa na sociedade e minha meta sempre será trazer mais pessoas para este fórum, além de disseminar conhecimento. Temos conteúdo inteligente para executivos de altíssimo nível, os debates são sempre muito ricos”, destaca Tamara.

Desde 2015 à frente desta comissão técnica, Tamara destaca sua satisfação com a evolução dos trabalhos. “Foram dois anos de muito aprendizado para mim. Agreguei novos conhecimentos, fiz networking de qualidade e construí grandes amizades. É um trabalho que faço com prazer, é muito bom fazer parte do IBEF SP”, arremata a executiva.

Compartilhe: